Projeto Adote Uma 

Micro Torrefação

O projeto Adote uma Micro Torrefação tem por objetivo auxiliar a retomada do mercado interno de cafés especiais.

Onde todos os elos da cadeia tenham a oportunidade de contribuir e receber parceria, produto e conexão.

Cada pessoa ou empresa participante deve entender que é um projeto de ganha-ganha, contribuição, doação e parceria. Contribuindo ao máximo para o sucesso da retomada de quem foi diretamente atingido pela crise causada pela pandemia Covid-19.

Fase atual: Inscrições

Oferta de cafés

das Indicações Geográficas Brasileiras

Café com rastreabilidade

Notoriedade da origem

Reconhecimento da origem

Reconhecimento do valor

e qualidade

Promove a história da região, produtor e lote do café

Cafés com selo de origem

O projeto é uma iniciativa da Mundo Café e Lucca Cafés Especiais, que visa a ação colaborativa de doação, compra, venda e divulgação de cafés especiais com Origem Controlada.

 

Estamos surfando uma nova onda do café especial do Brasil e precisamos continuar esse movimento.

A 4ª Onda: Integração total da cadeia, envolvimento do produtor com consumo, interação da cafeteria com a produção. Café especial acessível ao consumidor no maior país produtor e consumidor.

 

Unir toda a cadeia do café, através da doação mútua de café especial de Origem Controlada, trabalho e desenvolvimento, fazendo girar a roda do café especial.

 

AÇÃO:

 

  • Serão selecionadas micro torrefações do Brasil, alinhadas com trabalho sustentável de venda de cafés especiais.

  • Serão selecionados produtores de algumas regiões do Brasil, alinhados com o trabalho de atendimento a micro torrefações e que tenham o trabalho alinhado com o desenvolvimento da Origem Controlada

  • Os produtores, micro torrefações e cafeterias serão conectados para um trabalho de doação mútua. Que é o café cru, doados pelos produtores, gerando produto, através do trabalho de torra das micro torrefações, gerando comunicação e educação do consumidor através do serviço da cafeteria.

Regiões que já aderiram

o projeto

Mídia

logo_espresso.png
Logotipo_Cafepoint.png

Apoio

probat-logo-transparent.png
LogoLeogap_SiteHome.png

Perguntas Frequentes

Em caso de doação de volumes menores, por exemplo 30kg, como será a contrapartida pela torrefação? E a distribuição para a cafeteria?


A contrapartida será por categoria de doação:

85 pontos: Doação de 2 sacas > Compra de 1 saca

86 pontos: Doação de 1 saca > Compra de 1 saca

87 pontos acima: Doação de 30 kg > compra de 1 saca

A divulgação será a mesma para todos produtores.

Provavelmente existirá torrefação que queira apenas 30 kg ou 30 kg de cada produtor.




Quem ficará responsável pelo imposto/frete?


Isso se dará através de um acordo entre o produtor e a torrefação.




Se houver blend, como será a apresentação e o relacionamento com os produtores?


Não haverá blends.




Qual a peneira do café?


Peneira deverá ser uniforme, de bebida especial. O acordo será entre o comprador e o fornecedor.




Existe um volume mínimo de café/região para participar? Ou número mínimo de produtores?


Não existe, pois é um projeto colaborativo.

A única intensão é girar o ciclo da safra do café. Cada um colabora fazendo o seu melhor com o que é possível.




Tem termo de adesão para as torrefações?


Sim, existe o termo de adesão com muitos critérios de referência.




As torrefações estarão isentas de responsabilidade?


Muito pelo contrário. Cada participante terá sua responsabilidade sobre sua participação.




O pacote de café deste projeto levará selo de origem?


Sim, todos os cafés terão selo de origem.




Caso a torrefação receba um café cujo perfil não agrade seu público, esta poderá trocar o lote com alguma outra torrefação?


A qualidade e perfil do café deve ser discutido e definido entre produtor e torrefação antes do envio.




Os cafés que as torrefações farão a aquisição, e posterior contrapartida, será mediante a prova de amostras? Ou será através de laudo com pontuação? Caso a torrefação vá receber amostras quem pagará pelo envio das mesmas?


Uma boa negociação de café especial depende da boa vontade e profissionalismo das duas partes sempre.

O projeto visa fazer a ligação entre produtor e torrefação. A manutenção de uma bom relacionamento comercial dependerá do profissionalismo de ambas partes.

Negociação de frete e custos é uma questão que deve ser bem conversada e negociada caso a caso. Entre comprador e fornecedor.




Mas qual tipo de responsabilidade exatamente, para a torrefação?


A torrefação é responsável por comprar uma saca de café do produtor que a adotou, entregar 5 kg para cafeteria que será parceira dela e ser responsável com comunicar sobre café produtor e lote




Caso haja discordância em relação à pontuação do café, quem será responsável para dirimir o problema?


A região é responsável por fazer o laudo de seus cafés e para isso será exigido selo de rastreabilidade.

Um trabalho sério, feito por um bom provador, não é questionável.




Quem pode participar?


Produtores:

Produtores de cafés especiais das IGs que já aderiram ao projeto e produzem cafés especiais acima de 85 pontos.

Caso sua região não esteja ainda no projeto, contate o responsável pela governança e apresente a ideia.

Microtorrefações:

Microtorrefações independentes com mais de 2 anos de empresa, com mestre de torra formado por uma escola reconhecida. Faá uso de software de acompanhamento de torra e equipamento especializado para torra de cafés especiais.

Tenha foco em cafés especiais e de origem.

Cafeterias:

Cafeterias de 3ª Onda, especializadas em cafés especiais com foco em educação ao consumidor de cafés especiais. Possua pelo menos um barista na equipe formado em escola reconhecida. Tenha excelência na arte de servir bebidas a base de espresso bem como métodos filtrados. Possua uma prateleira de venda de cafés de diversas regiões.

Seja parceiro de uma ou mais microtorrefações independentes que fazem parte do projeto.





Envie-nos a sua pergunta!

CNPJ 07.344.584/0001-61

Endereço: R. Cel. Manoel Alves, 67 - Fundinho, Uberlândia

(34) 3231-5218